Senadora Soraya Thronicke destina R$ 1,3 milhão para a segurança pública do...

Senadora Soraya Thronicke destina R$ 1,3 milhão para a segurança pública do Estado

COMPARTILHAR

A senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) destinou, com emendas ao Orçamento Geral da União deste ano, mais de R$ 1,3 milhão para investimento na área da segurança pública de Mato Grosso do Sul. Do montante, R$ 500 mil serão para a Polícia Rodoviária Federal, R$ 300 mil vão para a Guarda Municipal de Dourados, R$ 297,9 mil para a Superintendência da Polícia Federal, R$ 200 mil para a Guarda Municipal de Campo Grande e R$ 100 mil para os agentes de segurança patrimonial do Estado.

Segundo Soraya Thronicke, com esses recursos, está cumprindo uma das suas promessas de campanha, de investir todos os anos na segurança pública de Mato Grosso do Sul. “Desde o início do meu mandato, já destinei R$ 3 milhões para serem utilizados na compra de viaturas, armamento e equipamentos para as forças de segurança pública estadual. No ano de 2020, por exemplo, foram mais de R$ 1,5 milhão para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil do Estado”, pontuou.

A parlamentar ressalta que desde quando assumiu o cargo tem conversado com todos os setores da segurança pública do Estado para levantar as principais reivindicações. “O fato de Mato Grosso do Sul fazer fronteira com Paraguai e Bolívia facilita a entrada de drogas e armas no Brasil. Por isso, as nossas forças de segurança precisam estar melhor aparelhadas para barrar a entrada desses ilícitos, que fortalecem o crime organizado no nosso País. Eu sempre digo que se Mato Grosso do Sul está seguro, o Brasil em paz”, declarou.

O superintendente da PRF no Estado, inspetor Luiz Alexandre Gomes da Silva, explica que os R$ 500 mil serão utilizados para construir a cobertura de pista da unidade operacional do município de Guia Lopes da Laguna. “Com essa estrutura, será possível fazer a abordagem de veículos quando estiver chovendo. Além disso, proporciona mais conforto aos cidadãos e mais segurança aos policiais rodoviários federais, tanto no período diurno, quanto no período noturno”, destacou.

Já a comandante da Guarda Municipal de Dourados, inspetora Liliane Graziele Céspedes, explica que os R$ 300 mil vão ajudar na modernização do armamento utilizado atualmente pelos guardas municipais. “Com esse dinheiro, será possível adquirir materiais bélicos de última geração, elevando a instituição ao patamar das mais modernas polícias do Brasil. Com armas mais eficientes, podemos aumentar a segurança dos agentes e prestar um serviço de qualidade à comunidade douradense”, salientou.

Já para o superintendente da PF, delegado Marcelo Botelho, a emenda no valor de R$ 297,9 mil vai entrar no orçamento da instituição e, normalmente, a Direção-Geral em Brasília indicará o destino do recurso. “Estamos em fase de transição de gestão e, mais adiante, o novo superintendente da PF no Estado buscará informações destinação dessa verba, mas somente saberemos após o ingresso no orçamento”, informou.

O presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Campo Grande, Hudson Pereira Bonfim, explica que o recurso de R$ 200 mil será usado na compra de armas, como pistolas calibres 40 e 9 milímetros, e armas não letais, como bastão de choque e teasers. “No princípio, o dinheiro seria apenas para a compra de armas letais, mas a Prefeitura pediu para que o recurso fosse utilizado para a compra de armas não letais também”, detalhou, reforçando que o sindicato acompanhará a aplicação da emenda.

Na avaliação do representante da Associação em Defesa dos Agentes de Segurança Patrimonial de MS, Márcio Almeida, os R$ 100 mil serão utilizados para a aquisição de uniformes. “Estamos completando 20 anos de existência e é uma satisfação ter recebido essa emenda tão importante para o serviço de segurança patrimonial, que hoje atua em 55 municípios e tem quase 800 servidores. Há muitos anos estamos sendo colocados de lado e essa emenda é a primeira de um parlamentar na história da segurança patrimonial do Estado”, revelou.