Sesi inicia consultoria gratuita voltada para biossegurança do setor industrial

Sesi inicia consultoria gratuita voltada para biossegurança do setor industrial

COMPARTILHAR

Em parceria com o Sebrae/MS, o Sesi está oferecendo gratuitamente a consultoria “Indústria Segura”, voltada para auxiliar micro e pequenas empresas do setor a atuarem dentro dos protocolos de biossegurança editados em razão da pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19).

Ao cumprir todos os requisitos da consultoria, o empresário da indústria recebe uma certificação digital que atesta a segurança e conformidade do ambiente de trabalho com as normas estabelecidas nos decretos relacionados ao período de pandemia, além de proporcionar as condições para preservar a saúde dos colaboradores e conter a propagação do vírus.

Conformidade

A consultoria do Sesi em parceria com o Sebrae/MS também fornece uma certificação, explicitando o percentual dos requisitos que estão em conformidade e uma recertificação na indústria a cada 30 dias até dezembro de 2020.

“A Indústria Segura faz parte do trabalho que o Sesi vem desenvolvendo de suporte às empresas de Mato Grosso do Sul desde o início da pandemia para que possam continuar funcionando, assegurando saúde do trabalhador e preservando os empregos e a economia do Estado”, afirmou o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho do Sesi, Michel Klaime Filho.

Certificação e Inscrições

Ao cumprir todos os requisitos da consultoria, o empresário da indústria recebe uma certificação digital, comprovando para os clientes e colaboradores que é um estabelecimento seguro e realizou 100% dos procedimentos da consultoria de biossegurança. A consultoria Indústria Segura tem duração de 10 horas e é gratuita para micro e pequenas indústrias, por meio do programa Sebraetec.

Segundo o gerente de SST do Sesi, Michel Klaime Filho, o trabalho consiste em uma visita técnica da equipe até a empresa para analisar as dependências, equipamentos, tipo de serviço oferecido e funções dos colaboradores. “De posse desses dados, é entregue um diagnóstico com orientações quanto a mudanças necessárias para uma atuação segura e como implementá-las”, detalhou.