SIG faz Operação Mortalha em Dourados

SIG faz Operação Mortalha em Dourados

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Com o apoio da Polícia Militar e do Departamento de Operações de Fronteira, o Serviço de Investigações Gerais da Polícia Civil (SIG) está realizando na manhã desta segunda-feira (29) a Operação Mortalha de combate a facções criminosas.

De acordo com as primeiras informações os policiais investigam um possível caso de assassinato a mando do chamado “Tribunal do Crime”, quando a vítima é julgada por membros de uma quadrilha que estão dentro de presídios.

A morte de Wagner Sebastião dos Santos Haak de 27 anos, encontrado morto na manhã do dia 18 deste mês no BNH IV Plano é atribuída a este tribunal. Ele teria sido “julgado” e assassinado cumprindo as ordens de uma facção criminosa.

Pelo menos nove pessoas foram levadas para o Primeiro Distrito Polícia e duas armas, armas de droga foram apreendidos. Uma casa na Vila Cachoeirinha que servia de cativeiro para as vítimas foi periciada e ainda na manhã desta segunda-feira uma entrevista coletiva deverá esclarecer pontos da operação.