SIG prende homem forte de facção criminosa

SIG prende homem forte de facção criminosa

COMPARTILHAR

Antônio Coca

A Polícia Civil, através do SIG, efetuou a prisão de membro de facção envolvido em vários homicídios em Dourados e descobre local onde jovem libertada na última sexta-feira, quando era mantida em cativeiro depois de sequestrada com a finalidade de ser executada.

Na última sexta-feira uma mulher de 19 anos foi resgatada após ter sido sequestrada por membros de uma facção criminosa, ocasião em que ela estava sendo julgada por um “Tribunal do Crime”. Na ocasião da libertação da jovem, efetivada através de atuação conjunta do SIG e da DEFRON, foram presas três pessoas, sendo a proprietária da casa onde a vítima era mantida em cárcere, um homem que fazia a vigilância do local e a pessoa que realizou o sequestro.

Em continuidade às diligências, na terça-feira o SIG identificou o cativeiro onde a jovem sequestrada permaneceu da tarde de quinta-feira, data do sequestro, até o final da manhã da sexta, sendo que dali ela foi levada para a casa de onde foi libertada pelos policiais.

Os policiais apuraram que o local, uma casa localizada na Rua Frei Antônio, no Bairro Cachoeirinha, foi previamente preparada para abrigar a jovem, sendo colocados tapumes em um cômodo para isolar sons e um colchão no chão. Ainda na terça-feira, o SIG identificou outros quatro participantes do sequestro, que foram indiciados pela prática desse crime e também por tortura.

Um desses indivíduos trata-se de Fernando Rosa da Silva, o “Tio Chico”, elemento de alta periculosidade que possuía mandado de prisão em aberto contra pela prática de homicídio e é investigado como autor de pelo menos dois outros crimes dessa modalidade. Fernando ou “Tio Chico” estava escondido em um imóvel localizado no Bairro Cachoeirinha, quando foi preso pelo SIG.

O SIG apurou que a “sentença” de morte da jovem já havia sido decretada pela facção, sendo que se a atuação policial demorasse cerca de uma hora para ser deflagrada ela seria levada para uma mata para ser realizado tal fato.