STJ manda soltar ex-secretário de saúde de Dourados, acusado de corrupção

STJ manda soltar ex-secretário de saúde de Dourados, acusado de corrupção

COMPARTILHAR

O médico Renato Oliveira Garcez Vidigal, ex-secretário municipal de Saúde de Dourados, preso desde o dia 6 de novembro do ano passado, deve ser colocado em liberdade ainda hoje após decisão da Justiça.

Renato foi preso acusado de corrupção na segunda fase da Operação Purificação, que investiga supostas fraudes licitatórias e desvios de recursos públicos. Ele está recolhido na PED – Penitenciária Estadual de Dourados.

Na noite de ontem, segunda-feira (23), o STJ (Superior Tribunal de Justiça) comunicou que o ministro Neli Cordeiro, relator da Sexta Turma, concedeu a medida liminar pleiteada pela defesa do médico, a cargo dos advogados João Arnar Ribeiro, Leonardo Alcântara Ribeiro e Neli Bernardo de Souza.