Supermercado JJ volta a ser flagrado fraudando validade de produtos

Supermercado JJ volta a ser flagrado fraudando validade de produtos

COMPARTILHAR
Estabelecimento e reincidente em problemas contra saúde do consumidor.

Consumidores detectaram problemas em produtos expostos à venda no Supermercado JJ localizado na avenida Presidente Vargas, vila Duque de Caxias e, por meio de denúncias solicitaram providências da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS. Uma equipe de fiscalização enviada ao local para averiguar a veracidade dos relatos feitos, em seguida confirmados.

O Mercado JJ é reincidente em irregularidades. No momento da fiscalização foram encontrados problemas como é o caso de superposição de etiquetas em alguns produtos como forma de maquiar e atualizar a data de vencimento, itens com validade vencida, sem informações essenciais para orientação do consumidor e, também, impróprios ao consumo por estarem com embalagens deterioradas, rompidas ou se apresentarem em estado de putrefação.

Chamou a atenção dos fiscais a presença de produtos como é o caso de aproximadamente dois quilos de mortadela em pedaços, em bandejas, reetiquetadas, cujo prazo original de validade venceu no dia 25 deste mês e a etiqueta superposta modificava esse prazo para o dia 28. Entre os com prazo de validade vencido encontravam-se polvilho doce, biscoitos, amendoim, farinha láctea e pastilhas.

Sem informações que pudessem nortear os consumires nas compras, havia produtos como proteína de soja e milho em espigas enquanto impróprios ao consumo por irregularidades diversas como embalagens rompidas ou danificadas, estavam expostos macarrão, sardinha, couve flor e café em pó. Durante a ação a fiscalização do Procon Estadual descartou e inutilizou todos os produtos impróprios de maneira a não poderem voltar às gôndolas e emitiu auto de infração que poderá ser convertido em multa.

Procon “não perde viagem” a cada ida ao JJ.