Suspeito de matar e enterrar a mulher em Ponta Porã consegue fugir...

Suspeito de matar e enterrar a mulher em Ponta Porã consegue fugir da polícia

COMPARTILHAR
Emiliano agora procurado também pela polícia paraguaia.

Antônio Coca

O homem que está sendo apontado como o autor do feminicídio e ocultação de cadáver da ex-companheira, Felipa Moreno Ojeda de 33 anos, fugiu ontem logo depois que policiais e agentes da Guarda Civil de Fronteira de Ponta Porã descobriram o corpo dela enterrado no quintal da casa onde o casal morava na rua Carmelo Puléo no Jardim Primor.

Na tarde desta sexta-feira (20), agentes do Departamento de Investigações da Polícia Nacional de Pedro Juan Caballero descobriram onde Emiliano Edulfo Lopes Fernandes de 52 anos estava morando no lado paraguaio da fronteira. Os investigadores foram até a casa dele na rua Alberdi no bairro Bernardino Caballero, mas encontraram apenas familiares dele.

Um irmão do principal suspeito do crime, disse aos policiais paraguaios que assim que começou a circular a notícia do encontro do cadáver de Felipa, Emiliano esteve na casa por volta do meio dia, pegou alguns pertences e não retornou mais.

No local foi apreendido um Gol branco com placas BKE 7720 de Ponta Porã que seria de Emiliano. As buscas foram realizadas dentro do Acordo de Cooperação firmado entre os governos do Brasil e do Paraguai que permite a continuidade de investigações de crimes cometidos nos dois países. As buscas por Emiliano continuam na fronteira e agora deve se estender para outros estados brasileiros e departamentos do Paraguai.

Largou carro na casa de irmão.