Travestis presas acusadas de agredir e roubar clientes na Vila Carvalho

Travestis presas acusadas de agredir e roubar clientes na Vila Carvalho

COMPARTILHAR
Imagem ilustrativa

Duas travestis de 25 e 26 anos, foram presas pela Polícia Militar na madrugada desta terça-feira (14), na Vila Carvalho e autuadas em flagrante por crime de roubo com uma série de agravantes, inclusive manter vítimas em restrição de liberdade. Dois homens de 41 e 46 anos foram as vítimas da dupla e sofreram ferimentos generalizados por conta de agressões, pedradas e marteladas.

Segundo o registro do caso, os roubos ocorreram quando os homens teriam combinado programa sexual com a dupla. No andamento do combinado, as partes supostamente se desentenderam e a situação teria virado roubo, danos, lesões e demais agravantes.

Uma motocicleta acabou roubada sendo posteriormente localizada por policiais militares do 1ºBPM e estava abandonada. O homem de 46 anos, no começo da madrugada chegou na sede do 1ºBPM pedindo ajuda, completamente nu e com várias lesões pelo corpo.

A caminhonete dele, uma S-10 havia ficado na casa das travestis, localizada na Avenida das Bandeiras onde foi resgatada pela Polícia Militar com a prisão da dupla. Ao relatar o ocorrido, o home disse que transitava pela Vila Carvalho quando foi abordada pelas duas, combinaram o “programa”, de pronto entregou a elas R$ 150, mas assim que entrou na casa da dupla a situação mudou dando no que deu.

No 1ºBPM uma policial providenciou um saco plástico como vestimenta e a vítima como a anterior, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. A situação do dono da motocicleta foi semelhante. O caso em seguida foi encaminhado com as pessoas e veículos para a Depac-Centro.