Um dos assaltantes da Coopharádio já esteve preso pelo mesmo tipo de...

Um dos assaltantes da Coopharádio já esteve preso pelo mesmo tipo de crime

COMPARTILHAR
Cerco não deu chance aos ladrões. (Imagem: Reprodução/CampoGrandenews)

Os homens presos ontem pela Polícia Militar quando mantinham duas idosas como reféns inclusive com arma na cabeça, são experientes no submundo do crime, um deles com passagem justamente por assalto a mão armada. O outro também possui movimentação na polícia

John Willian Silva da Luz, é o indivíduo que já esteve preso pelo mesmo tipo de crime. Para a polícia, essa experiência o define como perigoso indicando que o episódio de ontem na Coopharádio, não fosse a forma de intervenção policial, poderia ter fim trágico.

John e Paulo César estão presos na Depac-Central onde foram autuados em flagrante de resistência e roubo acrescidos de agravantes como retenção de vítimas, emprego de arma e outros. Quase no final da tarde eles invadiram a residência de uma idosa para roubar, e ao perceberem que uma pessoa viu a manobra, transformaram a moradora e em seguida uma amiga em reféns, inclusive com revólver na cabeça das vítimas e ameaças de morte.

Quando viram a chegada de uma equipe da Polícia Militar, os dois ficaram ainda mais violentos chegando atirar na direção de um policial no quintal da casa. Já com as vítimas rendidas em um dos cômodos da residência, atiraram mais uma vez como forma de intimidação, mas que não funcionou sendo acionado apoio policial com equipes especializadas através do CHOQUE e BOPE.

Após algum tempo de negociação a polícia entrou na casa onde foi ouvido mais um disparo sendo a dupla presa e as vítimas resgatadas ilesas, apesar de assustadas. A dupla deve ser encaminhada ainda hoje para audiência de custódia quando a justiça definirá se confirma a prisão em flagrante ou responderá em liberdade.