Valdenir Rezende será velado e sepultado esta manhã no Cemitério Memorial Park

Valdenir Rezende será velado e sepultado esta manhã no Cemitério Memorial Park

COMPARTILHAR
Valdenir e seu inseparável equipamento. (Foto: Marcelo Calazans) Reprodução.

O corpo do repórter fotográfico Valdenir Rezende, morto na tarde deste domingo (28) em razão de complicações com a Covid 19, será velado entre 7h30 e 9h30 dessa segunda-feira (1º) no Cemitério Memorial Park, na Rua Francisco dos Anjos, proximidades do Lago do Amor. Internado há cerca de um mês, Valdenir lutou bravamente pela vida, sendo que nas últimas semanas seu estado de saúde oscilava, até que na sexta-feira a doença evoluiu para gravidade até o levar nesse domingo.

Valdenir, aos 55 anos deixa esposa e os filhos Álvaro e Bruno Henrique, com quem trabalhava no Correio do Estado, e um exército de amigos. Durante todo o domingo as redes sociais foram pequenas para a manifestação de amigos de Valdenir abalados com seu falecimento. Valdenir era um amigo permanente, sempre com um sorriso sincero no rosto e pronto a atender quem lhe procurava por apoio.

Na internet as mensagens destacam a amizade, talento e grandiosidade de Valdenir. “Perdemos um dos grandes talentos do jornalismo fotográfico. O terrível vírus nos tira o Valdenir Rezende, talentosíssimo e, acima de tudo, um cara gigante no caráter. Não aceito que um amigo vire estatística. Que o grande retratista vire saudade que substituirá, com o tempo, a dor da família e amigos queridos. Faça sua passagem em paz e na luz”, é uma das mensagens postada por amigo.

Foram 42 anos de dedicação exemplar ao Correio do Estado onde começou trabalhar ainda criança como boy, logo se interessando aprende a lida fotográfica se tornando o gigante profissional que era. Ele também teve rápida passagem pelo Diário Da Serra. Durante o velório e sepultamento todos os protocolos de segurança serão seguidos. Será obrigatório uso de máscara e obedecida a norma de revezamento de dez pessoas por vez no local.

Em nota emitida na tarde de ontem, a família agradece as orações e mensagens recebidas e destaca. “Sabemos dos riscos da presença no local e das recomendações para evitar aglomerações. Por isso, podem se despedir com pensamentos bons e energia positiva para que ele faça uma passagem tranquila. Nosso guerreiro lutou muito e agora descansa no céu. Nos deixou lições, ensinamentos e registros que permanecerão vivos para sempre.”
Finaliza.

Vá em Paz amigo.