Vereador é preso em flagrante por violência doméstica em Dourados

Vereador é preso em flagrante por violência doméstica em Dourados

COMPARTILHAR
Defesa quer vereador respondendo em liberdade.

O vereador Diogo Castilho (DEM), foi preso pela Polícia Militar na noite deste sábado (4), e autuado em flagrante por ameaçar e agredir a noiva, de 27 anos. O crime de violência doméstica ocorreu na região do Parque Alvorada.

Conforme o registro do caso, o casal teria passado o dia bebendo com amigos e em certo momento houve uma brincadeira que irritou a vítima. Mais tarde, já em casa, os dois iniciaram discussão por conta de ciúmes por parte da noiva. Ainda conforme a ocorrência, na discussão, o vereador teria agarrado a vítima pelos braços, jogado na cama, a chacoalhado e tentando asfixia-la com as mãos.

Em meio ao ataque do noivo, ela teria dito que iria denunciá-lo, quando o vereador ameaçou matar a ela e toda família, caso fizesse algum tipo de denúncia. A Polícia Militar foi acionada e chegou rapidamente evitando a continuidade da agressão e ameaças.

Os dois foram encaminhados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário, Depac, de Dourados, onde Diogo foi preso em flagrante pelo crime de violência doméstica. O advogado Renan Pompeu atende o vereador, que está em seu primeiro mandato em Dourados, e vai solicitar à justiça que ele responda em liberdade.