Vereador preso por violência doméstica é levado para Penitenciária

Vereador preso por violência doméstica é levado para Penitenciária

COMPARTILHAR
Vereador já está na PED.

Preso em flagrante por violência doméstica ao agredir e ameaçar a noiva, o médico e vereador Diogo Silveira Castilho (DEM), de 36 anos, foi encaminhado para a Penitenciária Estadual de Dourados – PED, na tarde deste domingo (5).

Ele está preso desde a noite deste sábado (4) acusado de proferir ofensas, agredir fisicamente e ameaçar a noiva de 27 anos de idade. Diogo foi encaminhado para a Polícia Civil onde assinou flagrante sendo mantido preso, embora sua defesa esteja tentando que responda em liberdade.

Com a autuação em flagrante acatada pela Justiça e convertida em Prisão Preventiva, esta tarde ele foi transferido da Delegacia de Polícia para a Penitenciária onde permanecerá, a princípio, até o julgamento.

O caso

De acordo com o registro do caso, o casal teria passado o dia bebendo com amigos quando houve uma brincadeira que irritou a vítima. Mais tarde, já em casa, os dois iniciaram discussão por conta de ciúmes por parte da noiva.

Ainda conforme a ocorrência, na discussão, o vereador teria agarrado a vítima pelos braços, jogado na cama, a chacoalhado e tentando asfixia-la com as mãos. Em meio ao ataque do noivo, ela teria dito que o denunciaria, quando o vereador ameaçou matá-la e toda família caso fizesse algum tipo de denúncia. A Polícia Militar foi acionada e levou os dois para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário, Depac, de Dourados, onde Diogo foi autuado em flagrante.