Vítima de atentado a tiros de fuzil morre na Santa Casa

Vítima de atentado a tiros de fuzil morre na Santa Casa

COMPARTILHAR
No local, várias capsulas de fuzil.

Morreu na emergência do Pronto Socorro da Santa Casa o rapaz de 20 anos, filho do ex-capitão da PM Paulo Roberto Xavier, da Polícia Militar. O filho de Xavier foi atacado a tiros de fuzil quando chegava em casa no Bairro Vendas.

O pai ao ouvir a fuzilaria e ver o que ocorria, deparou com a S-10 da família na frente da casa crivada de balas e o filho gravemente ferido. O próprio pai assumiu a direção do veículo e partiu rumo à Santa Casa, sendo que no trajeto encontrou uma equipe do Corpo de Bombeiros que seguiu com o socorro, mas o rapaz morreu pouco tempo depois de dar entrada.

O autor dos disparos estava em um veículo UP possivelmente com dois ou três ocupantes que fugiram ao perceberem a vítima atingida. No local do ataque a Perícia e Polícia Civil apreenderam cápsulas deflagradas de balas calibre 5.56.