Acusado de matar mulher com tiros de espingarda é procurado pela polícia

Acusado de matar mulher com tiros de espingarda é procurado pela polícia

COMPARTILHAR

O homem identificado por testemunhas como autor do assassinato da ex-companheira Lucilene Nobel da Silva, de 38 anos, segue sendo procurado pela polícia. O crime aconteceu na madrugada de quinta-feira (16), quando Roberto Moraes de Oliveira (45), surpreendeu a vítima na casa dela, localizada no distrito de Macaúba e a executou na frente da filha com tiros de espingarda e fugiu.

De acordo com o apurado pela polícia, o casal estava separado há alguns meses, porém, o autor não aceitava o fim do relacionamento e perseguia a vítima constantemente. No momento do crime Lucilene estava em casa, com a filha de quatro anos, e o atual namorado, de 39.

Conforme a polícia, o homem chegou transtornado na casa e pela janela do quarto onde Lucilene estava, a matou com dois tiros na região do peito e em seguida fugiu em um veículo Onix. A polícia não confirma nem desmente que Roberto teve prisão decretada pela Justiça.