CBF e governo repassaram R$ 12 milhões à federação e metade foi desviada

A Federação de Futebol do Mato Grosso do Sul recebeu R$ 12,1 milhões em repasses da CBF e do governo do Estado de Mato Grosso do Sul nos últimos cinco anos. A investigação do Ministério Público do Mato Grosso do Sul apontou que uma organização criminosa desviou metade deste valor, R$ 6 milhões.

O MP e a polícia efetuaram sete prisões durante a terça-feira (21) na operação Cartão Vermelho, além de buscas e apreensões. A principal detenção foi do presidente da Federação de MS, Francisco Cesário, que, neste caso, faz parte da assembleia geral da CBF. De acordo com o MP, o esquema funcionava com saques nas contas da federação de Mato Grosso do Sul que atingiram o valor de R$ 3 milhões.

Compartilhe
Institucional

O Tempo MS News é um portal de notícias online que traz informações relevantes e atualizadas sobre o dia a dia do Mato Grosso do Sul. Com uma equipe de jornalistas experientes e comprometidos em levar ao público as notícias mais importantes do estado, o portal se destaca por oferecer conteúdo de qualidade em tempo real.

Entre em contato

(67) 0000-0000

[email protected]

© Tempo MS News - Todos os direitos reservados, design por Argo Soluções