Homem espanca a mulher até a morte em Ponta Porã

Homem espanca a mulher até a morte em Ponta Porã

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Joana Darc Martins da Silva de 40 anos, foi morta por espancamento na madrugada desta quarta-feira (8) no bairro Residencial em Ponta Porã. O acusado do crime o companheiro dela Vitor Cardoso de 48 anos, o “Monstro” foi preso logo depois. Ele pediu para um vizinho chamar o SAMU, alegando que Joana Darc não estava passando bem. Quando os socorristas chegaram ela estava morta e apresentava diversos hematomas pelo corpo.

Inicialmente Vitor disse aos policiais que a mulher tinha chegado ontem (7) com vários ferimentos e que ele deu banho nela e a colocou na cama e “estava cuidando dela”. Ele disse que deu banho nela cobriu a esposa e deu água para ela, mas como ela não melhorou ele pediu ajuda.

Os policiais que estiveram no local suspeitaram do Monstro e ele acabou preso suspeito do crime. A delegada titular da 1ª Delegacia de Ponta Porã e respondendo pela Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM), Analu Ferraz, disse que o marido é o principal suspeito e que nas próximas horas o caso será esclarecido. “Ele lavou o corpo da vítima e limpou toda a casa para tentar dificultar o trabalho pericial. Ele modificou a cena do crime”, contou a delegada Analu, que representou pela prisão preventiva de  Vitor.