Lia reafirma que falta de certidões pode fazer Dourados perder recursos na...

Lia reafirma que falta de certidões pode fazer Dourados perder recursos na Saúde

COMPARTILHAR

A Deputada Estadual Lia Nogueira (PSDB), reafirmou nesta quinta-feira (16) que a Prefeitura de Dourados pode ficar sem os recursos destinados por via emendas parlamentares pelos deputados estaduais por não possuir as certidões de quitações com débitos com o Tesouro Nacional. Mais de R$ 1 milhão foram alocados por Lia Nogueira em emenda individual e com outros deputados.

Depois que Lia Nogueira fez a denúncia, o prefeito Alan Guedes (PP), através de uma nota, postada no site oficial do município e em vários meios de comunicação, tentou desqualificar o fato, chamando de fake News, de cunho político e com a intenção de buscar visibilidade, e que um erro no sistema da prefeitura, impede a emissão de certidões federais.

Alan Guedes, que assina a nota juntamente com o Procurador Geral do Município, Paulo César Branquinho da Silva, não mostram qualquer documento que comprove a relação entre os sistemas de emissões de certidões. Qualquer cidadão pode ter acesso a este documento acessando ao site do Governo Federal e inserindo os dados do município. A certidão válida venceu em 01/10/2023.

‘Só para todo mundo entender, o caso da prefeitura é o mesmo de uma pessoa que busca um empréstimo no banco, entretanto, o banco não concede o empréstimo se a pessoa estiver com débitos no SPC ou SERASA. Da mesma forma, para a prefeitura receber alguns recursos públicos, ela também precisa mostrar “sua capivara”, comprovar, por meio de certidões, que sua situação é regular”, disse Lia Nogueira.  

A deputada lembra que o prazo para que a Prefeitura de Dourados apresente os documentos para ter acesso aos recursos destinados pelos parlamentares está acabando e que se não houver seriedade no trato com a coisa pública a população é quem será prejudica.

“Estou denunciando e cobrando tudo isso, pois não quero ver os recursos das minhas emendas e de outros deputados irem para o ralo. Estes recursos públicos são para melhorar a saúde dos douradenses e das pessoas de toda a região que buscam atendimento médico aqui”, finalizou Lia Nogueira.

Assessoria