Nos 110 anos de Ponta Porã, Rhiad reforça atuação na busca de...

Nos 110 anos de Ponta Porã, Rhiad reforça atuação na busca de recursos para o município

COMPARTILHAR

Ponta Porã, uma das cidades sul-mato-grossenses mais importantes da fronteira com o Paraguai, completa 110 anos de criação e o pré-candidato a deputado estadual pelo União Brasil, Rhiad Abdulahad, que nasceu no município fronteiriço, reforça seu compromisso na busca por recursos para região caso seja um dos 24 eleitos para a Assembleia Legislativa na eleição de outubro deste ano.

“Como advogado e filho de Ponta Porã, neste ano de 2022 resolvi colocar o meu nome à disposição para concorrer à vaga de deputado estadual pelo União Brasil. Lá no legislativo estadual, quero ser um dos parlamentares mais atuantes na questão da busca de recursos de emendas para Ponta Porã e também para os outros municípios da fronteira”, garantiu Rhiad, pontuando que pretende contribuir com o progresso da região.

O pré-candidato a deputado estadual ressalta que pretende ser mais um a colaborar na luta pelo fortalecimento das forças de segurança pública na região fronteiriça. “Meu grande objetivo é conseguir, em parceria com as autoridades locais, regionais e estaduais, fazer com que os municípios fronteiriços consigam ser cada vez mais seguros e propícios para receberem investimentos. Que os moradores e as pessoas que forem visitar essas cidades não tenham nenhum receio”, assegurou.

Como advogado que já atuou em diversas causas ligadas ao setor produtivo de Mato Grosso do Sul e enxerga o liberalismo econômico como a forma mais adequada para a retomada da nossa economia, ele lembra que Ponta Porã é um município muito importante para o desenvolvimento do Estado. “Na Assembleia Legislativa, quero ajudar o produtor rural a manter o bom escoamento dos nossos grãos e dos nossos rebanhos, que são de extrema relevância para a economia estadual”, afirmou.

Outra questão levantada por Rhiad é a ampliação da qualificação de mão de obra na região de fronteira, tanto para o setor agropecuário, quanto para os setores de serviços, comércio e indústria. “Eu quero ajudar a melhorar e contribuir nesse sentido. Não podemos mais ver as famílias de Ponta Porã perderem seus filhos para o tráfico de drogas e de armas. Chegou a hora de buscar alternativas para mitigar esse problema social e a geração de emprego e renda pode ajudar”, conclamou.

O advogado ainda reforça a sua preocupação com a área da saúde pública, que é sobrecarregada na região. “Sei dos investimentos que, tanto a gestão municipal, quanto a estadual fazem nessa área, porém precisamos de um pouco mais. Nesse sentido, quero contar com a senadora Soraya Thronicke (União-MS) e com toda a bancada federal para destinar mais recursos para a saúde de Ponta Porã, que, por fazer fronteira com Pedro Juan Caballero, recebe muitos pacientes paraguaios”, lembrou.

A parte de assistência social é mais uma bandeira defendida por Rhiad, que, devido à crise econômica, tem de ser reforçada para atender os mais necessitados. “Infelizmente, o número de pessoas em situação de rua cresceu muito, assim como o de pessoas abaixo da linha da pobreza. Pretendo usar todos os recursos possíveis para melhorar a situação das instituições de assistência social, que tanto fazem por aqueles que não têm a quem recorrer”, finalizou.

Assessoria