Barreira de pneus é incendiada na Linha Internacional

Barreira de pneus é incendiada na Linha Internacional

COMPARTILHAR
Começam os protestos na fronteira.

Antônio Coca

Homens da brigada de incêndio de Pedro Juan Caballero precisaram intervir na noite desta quinta-feira (16), quando centenas de pneus usados como barreira para impedir a circulação entre a cidade paraguaia e Ponta Porã, foram incendiados.

Mesmo com a presença constante de homens do Exército paraguaio os pneus foram incendiados em determinado trecho da trincheira improvisada pelas autoridades paraguaias impedindo que as pessoas circulem entre as cidades gêmeas para evitar o contágio por Covid 19.

As chamas atingiram além dos pneus alguns paletes de madeira que também são usados como barricada, além de fios de arames farpados que constantemente são contados com moradores descontente com a situação.

Muitos paraguaios trabalham ou moram do lado brasileiro da fronteira o mesmo acontecendo com moradores de Ponta Porã que trabalham ou por algum motivo precisam atravessar a Linha Internacional e são impedidos pelos militares que cumprem um decreto presidencial que fechou as fronteiras do Paraguai impedindo o livre acesso aos países fronteiriços.

Por parte da população paraguaia o descontentamento é grande já que parte da economia local está lastreada no turismo de vendas e cerca de seis mil postos de trabalhos já foram fechados nos últimos meses e não há previsão da reabertura da fronteira, apesar do comércio já estar autorizado a abrir, não há como os consumidores brasileiros chegarem até as lojas.

O incêndio foi controlado rapidamente e não há informação de alguém foi preso ou se existe algum suspeito de ter colocado fogo nos pneus na Linha Internacional.