Brasileira que estava desaparecida no Paraguai é encontrada

Brasileira que estava desaparecida no Paraguai é encontrada

COMPARTILHAR
Josimeire teria sido deixada em uma fazenda na região,

Antônio Coca

Autoridades do Paraguai informaram na noite de ontem (15) que a brasileira Josimeire Vieira de Oliveira Lopes de 32 anos, desaparecida desde o final de semana quando homens armados invadiram a propriedade rural Estância San Jorge, matando o esposo dela Jonas Fernandes Alves de 38 anos e ferindo com um tiro na cabeça a também brasileira Elis Regina de Oliveira de 35 anos, foi encontrada com vida em uma fazenda a cerca de 40 quilômetros de onde ocorreu o incidente.

Ela teria sido levada pelos criminosos e abandonada logo depois e acabou chegando até o local onde foi entregue para policiais da Força Tarefa Conjunta (FTC) e da Polícia Nacional do Paraguai, que faziam buscas na zona rural de Sargento José Félix López ou Puentesiño no Departamento de Concepción.

Hoje a mulher deverá dar esclarecimentos para a as autoridades e ajudar a esclarecer o que realmente aconteceu na noite de sábado, já que alguns pontos sobre o ataque atribuído a membros do autodenominado Exército do Povo Paraguaio (EPP), ainda estão divergentes.

Familiares dela e do esposo Jonas Fernandes Alves de 38 anos, que morreu no ataque e que são do interior do Paraná estão contando com a ajuda do Consulado brasileiro para trazer a mulher de volta para Foz do Iguaçu. Elis Regina de Oliveira de 35 anos, que foi ferida com um tiro de raspão na cabeça já recebeu alta do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, e voltou para o Brasil.