Mulher de narcotraficante paraguaio é executada a tiros em Foz do Iguaçu

Mulher de narcotraficante paraguaio é executada a tiros em Foz do Iguaçu

COMPARTILHAR
Mulher estava com RG falso de Mato Grosso do Sul

A polícia identificou como Zulma Ramona Dévalos de Rojas, de nacionalidade paraguaia, a mulher assassinada na tarde de sábado (4), em Foz do Iguaçu. Zulma é esposa do narcotraficante paraguaio conhecido como Toma’i Rojas. O homem, identificado como Tomas Rojas Cañete, está preso em Tacumbu, na capital paraguaia, Asunción.

Toma’i, foi condenado em 2015 a 25 anos de prisão por tráfico de drogas. A esposa, executada com vários tiros, também era procurada pela polícia do Paraguai. Inicial mente a havia sido identificada como Ramona Segóvia, brasileira natural do Mato Grosso do Sul.

Posteriormente foi descoberto que ela usava identidade falsa expedida em Coronel Sapucaia. De acordo com a polícia paraguaia, Zulma era a contadora do tráfico no Paraguai de onde estava foragida. A execução aconteceu na casa onde morava em um condomínio.