1ºBPM prende na Capital, homem que executou a mulher em Água Clara

1ºBPM prende na Capital, homem que executou a mulher em Água Clara

COMPARTILHAR
"Gugu", tem "punhado" de problemas na polícia.

A partir de informações levantadas pela Agência Local de Inteligência – ALI, do 1º BPM, região central de Campo Grande, equipe da Unidade localizou e prendeu em flagrante Marcos Fernando Martins, o “Gugu”, autor confesso de feminicídio na cidade de Água Clara. Pouco depois de 18h de ontem, após agredir ele matou com tiro na cabeça a ex companheira Euzébia Clara Leite Pereira, de 26 anos, conhecida como Clara Biac.

Em seguida, fugiu do local do crime em uma Fiat Strada branca dirigida por uma mulher, supostamente sua mãe, e desapareceu. Alertados de que o homicida poderia ter fugido para Campo Grande e costumava frequentar a região central, equipes do 1ºBPM entraram em estado de alerta ao mesmo tempo que o setor de Inteligência era acionado.

Com a informação inicial de que “Gugu” fugira em uma Strada branca, foi dado o alerta sobre esse tipo de carro, até ser levantada a informação de que a fuga final e rumo a Campo Grande ocorreu em um carro prata moderno. Surgiu ainda informação do indivíduo ter relação com entorpecentes, situação que não teria sido totalmente confirmada, mas foi uma das linhas de investigação.

Como quem busca agulha no palheiro, os policiais do 1ºBPM acabaram localizando o carro da fuga e prendendo o homicida escondido em uma residência no Jardim Seminário. Os moradores desconheciam a situação do indivíduo e tinham apenas atendido uma pessoa amiga com o pedido para que abrigasse “Gugu”, por conta de uma briga que teve com a mulher. A apresentação e detalhes do caso ocorrerá em coletiva às 17h na Casa da Mulher Brasileira, para onde o preso foi encaminhado.

Strada foi só pra sair do local do crime e fuga para a Capital no carro prata.