Adolescente venezuelana é morta pelo namorado em Dourados

Adolescente venezuelana é morta pelo namorado em Dourados

COMPARTILHAR
Ramon chamou a |PM e se entregou.

Antônio Coca

Keilyn Nelibeth Villasana Asteca, venezuelana de 16 anos foi assassinada na manhã deste sábado (30) na Vila Rosa em Dourados. A jovem foi morta pelo namorado Ramon Maximiliano Villarroel Bolívar de 21 anos que logo depois do crime procurou a polícia militar e se entregou.

De acordo com as primeiras informações Keilyn foi morta com diversas facadas pelo corpo na casa de Ramon na rua João Paulo Garcete. O casal tinha um relacionamento e nesta manhã houve uma briga entre os dois e segundo Ramon, ele perdeu o controle e acabou matando a garota.

O namoro entre os dois não era consentido pela mãe da menina, mas eles já estavam juntos havia cerca de dois anos. “Nunca quis matar ela, mas o ódio me fez matar. Arruinei a minha vida, da família dela e de todos que me conhecem. Peço perdão pelo crime que cometi”, disse ele. Policiais civis e peritos estiveram no local do crime e Ramon foi levado pela guarnição da PM para Delegacia da Polícia Civil onde será ouvido. Ele deve ser indiciado por feminicídio.

Vítima foi atingida várias vezes com faca de cozinha.