Além de profissionais de saúde, repatriação de brasileiros da Bolívia recebe apoio...

Além de profissionais de saúde, repatriação de brasileiros da Bolívia recebe apoio inclusive aéreo da PMMS

COMPARTILHAR
Equipe do GPA em apoio a todos os pontos de controle e patrulhamento.

Brasileiros repatriados da Bolívia começam a retornar ao País através de Corumbá onde chegam de ônibus vindos da cidade de Santa Cruz de La Sierra. Conforme o governo do Estado, até esta manhã cerca de 150 brasileiros chegaram em quatro ônibus e passaram pela barreira de controle sanitário montada na sede da Receita Federal em Corumbá.

Segundo informações do Ministério das Relações Exteriores, mais de 930 nacionais procuraram os postos consulares brasileiros na Bolívia em busca de repatriação. Os consulados-gerais no país atuaram para facilitar o retorno pela fronteira terrestre em Mato Grosso do Sul.

Por medida de segurança, as autoridades sul-mato-grossenses instalaram barreiras sanitárias na sede da Receita Federal. Agentes das forças de segurança de Mato Grosso do Sul atuam na triagem dos estudantes que chegarem no país.

Agentes Federais fazem conferência das documentações e os técnicos da Anvisa o acompanhamento clínico de quarentena dos repatriados em razão do Covid-19. Após toda a verificação de documentação e estado de saúde, os estudantes seguirão para os seus destinos finais.

PM amplia segurança na região

O Comando Geral da Polícia Militar montou esquema especial de segurança não só para o acompanhamento da repatriação, como em rodovias oficiais e secundárias tanto na fronteira com a Bolívia em Corumbá, como Paraguai. Por conta da movimentação com a chegada de brasileiros repatriados, mas também diante da possibilidade de estrangeiros ingressarem irregularmente no País, além da barreira sanitária, foram ativados diversos bloqueios de controle em rodovias oficiais e secundárias no município e região.

Helicóptero

O trabalho das equipes em terra é apoiado por equipes do GPA – Grupo de Policiamento Aéreo – da Polícia Militar, baseado no principal ponto de controle, mas em movimentação e patrulhamento constante na faixa de fronteira em apoio aos policiais em terra nas barreiras e patrulhamento.

Além da atividade policial, a aeronave do GPA está pronta a intervir com equipe de socorro em caso de emergência clínica de pessoas na área de atuação, resgate ou mesmo transporte de pacientes com sintomas suspeitos. O patrulhamento e apoio aéreo às equipes empenhadas em atividades relacionadas ao covid-19, segue sem data para encerramento.

Até sábado

A previsão é que nos próximos três dias, 930 brasileiros repatriados da Bolívia retornem ao Brasil através de Corumbá. A “turma” moradores em Santa Cruz de La Sierra, com 250 pessoas chegue neste sábado (4). Mais 159, procedentes de Cochabamba devem chegar, mas ainda sem data definida.

Triagem rigorosa no ponto de controle. (Divulgação/Sejusp)

Redação e Sejusp