Aneel prorroga até julho proibição do corte de energia elétrica diante da...

Aneel prorroga até julho proibição do corte de energia elétrica diante da pandemia

COMPARTILHAR
Prorrogada proibição de corte de energia.

Todas as medidas tomadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em março, para garantir o fornecimento de energia elétrica aos consumidores durante a pandemia, foram prorrogadas até o dia 31 de julho.

Fique atento ao que você, consumidor, tem direito. Não pode haver corte de fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento; os atendimentos telefônicos com solicitações urgentes devem ser priorizados; e os meios automáticos de atendimento, como o SAC, devem ser melhorados para evitar a ida das pessoas às companhias de fornecimento.

Além disso, a paralisação de quaisquer serviços ou canais de atendimento por parte da distribuidora deve ser comunicado com antecedência à população; as concessionárias devem ainda priorizar o fornecimento de energia aos serviços considerados essenciais; e devem também reduzir os desligamentos programados, mantendo somente aqueles estritamente necessários.

Como parte das ações de suporte à pandemia, a Aneel decidiu também abrir consulta pública para debater com a sociedade como será feita, de modo gradual, a volta da possibilidade de corte do fornecimento de inadimplentes a partir de 1º de agosto, além de como será feito o retorno do atendimento presencial e de outras obrigações das distribuidoras. A proposta fica aberta para participação popular até o dia 30 de junho, na internet.