Apreensão de cocaína pode ter sido a causa de esquartejamento na fronteira

Apreensão de cocaína pode ter sido a causa de esquartejamento na fronteira

COMPARTILHAR
Logo após rapto, cadáver foi achado esquartejado e em sacos pretos.

Antônio Coca

A apreensão de mais de 50 quilos de cocaína ocorrida esta semana no bairro Guarani em Pedro Juan Caballero pode ter sido a causa do sequestro e esquartejamento do comerciante Adolfo Gonçalves Camargo de 31 anos, sequestrado na tarde de sexta-feira (16) e encontrado esquartejado pouco tempo depois em uma estrada vicinal no distrito de Sanga Puitã em Ponta Porã.

Adolfo foi capturado em caminhonete.

De acordo com o site do jornal ABC Color de Assunção, fontes policiais informaram que o fato teria ligação com a apreensão de 51 quilos e 200 gramas de cocaína que estavam em Poder de Ronny Von Gonçalves Silva que foi preso na quarta-feira.

Ronny, preso com a droga.

Ele estava com um Citroen C4 onde foram localizados vários tabletes de cocaína. Os investigadores fazem relação com os dois casos, mas não apontam qual o grau de envolvimento de Adolfo que foi raptado e morto.
Ele estava em frente à casa da família no bairro da Granja nas proximidades da Linha Internacional quando foi levado por homens armados de fuzis em um S-10 com placas do Paraguai e depois foi encontrado esquartejado e teve o corpo distribuído em três sacos plásticos.

A apreensão que pode ter dado causa à execução.