Carlos Bernardo é nomeado embaixador dos autistas do MS

Carlos Bernardo é nomeado embaixador dos autistas do MS

COMPARTILHAR
Ao lado da filha Sofhia, Carlos recebeu a honraria. (Foto: Eliel Oliveira)

O CEO da Universidade Central do Paraguai (UCP) e criador do curso de medicina em Pedro Juan Caballero, Carlos Bernardo foi nomeado embaixador dos autistas de Mato Grosso do Sul, em evento realizado no Grand Park Hotel em Campo Grande, com a presença de cerca de 100 famílias de autistas.

A honraria foi concedida pelos diretores da Associação Amparo à Criança Especial (ACP), que ensina e profissionaliza crianças e jovens portadores do espectro autista. Somente em Campo Grande, são nove mil autistas diagnosticados, que recebem atendimento pelo Instituto ACP.

De acordo com a presidente da ACP, Lucimara Amorim, o primeiro caso de autismo foi diagnosticado em 1939, e desde então, tem sido um desafio atender com qualidade as pessoas diagnosticadas. “Acredito muito no trabalho do Carlos, e sei que estaremos amparados por ele. É uma honra poder nomear o Carlos como nosso embaixador, e sei que ele estará conosco nessa luta, defendendo nossos interesses”, declarou.

Carlos Bernardo se emocionou ao receber a comenda de Embaixador dos Autistas de Mato Grosso do Sul, e disse que desde que foi convidado, não hesitou e aceitou de pronto ao chamado das famílias de autistas do Estado. “Minha irmã, que é autista, ficou muito feliz em saber que eu serei representante de vocês, e eu digo que não é o Carlos político que aceitou essa missão, mas o Carlos cidadão”, declarou.

Bastante emocionado, Carlos Bernardo disse que seu compromisso com as famílias dos autistas será o de trabalhar muito para atender às demandas, e trabalhar ao lado daqueles que defendem a causa dos menos favorecidos. “A UCP, meu sócio o reitor Luiz estaremos sempre trabalhando pelas questões dos autistas. É uma grande honra, agradeço por confiarem essa missão a mim. Contem comigo para tudo o que precisarem”, concluiu.

Assessoria