Carro envolvido em acidente com morte na 267 trafegava com pneu estourado

Carro envolvido em acidente com morte na 267 trafegava com pneu estourado

COMPARTILHAR
Segundo borracheiro, veículo estava com um pneu estourados (Foto: Alvoradainforma)

Os primeiros depoimentos colhidos pela Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul, na apuração da colisão frontal seguida de tombamento que envolveu uma carreta carregada de minério de ferro e um carro de passeio, ocorrida no final da madrugada deste domingo (18) e que deixou uma pessoa morta, pode ter sido causada por uma falha no veículo menor ou problema com o condutor.

O acidente envolveu o veículo HB/20 placas OOO-1915/MS de Nova Alvorada do Sul, conduzido por Halife de Sales Silva (20), que morreu logo após a colisão e a carreta Bitrem com placas QHR-3902/SC, de Lauro Muller, cujo motorista sofreu ferimentos.

A colisão seguida de tombamento ocorreu na BR-267 ainda nas proximidades de uma Base da Polícia Rodoviária Federal. Consta que a carreta trafegava no sentido Nova Alvorada/Bataguassu e o veículo de passeio em sentido contrário.

A polícia teria apurado junto a terceiros que Halife ao tentar uma ultrapassagem foi em direção à carreta. O motorista por sua vez, chegou a tentar desviar acabando por bater em duas árvores na margem da rodovia e em seguida tombou.

Sem um pneu

Na apuração do caso, o delegado de Nova Alvorada do Sul, Roberto Duarte, ouviu pessoas, entre as quais um borracheiro que atua na BR-267 e que relatou ter sido procurado pouco antes por Halife. O rapaz havia chegado na borracharia com um dos pneus do veículo estourado. Consta ainda que visivelmente transtornado, o rapaz não demorou no local partindo pela rodovia mesmo com o pneu estourado, trafegando praticamente “na roda”. A polícia agora aguarda o resultado da perícia realizada no local e nos veículos.