Com expansão da rede de esgoto, pavimentação do Nova Lima será retomada...

Com expansão da rede de esgoto, pavimentação do Nova Lima será retomada nesta sexta

COMPARTILHAR
Obras retomadas nesta sexta (Foto:DivulgaçãoPMCG)

Serão retomadas nesta sexta-feira (25) as obras de drenagem e pavimentação no Bairro Nova Lima, etapa A, projeto que integra o PAC Pavimentação. O serviço será retomado a partir da colocação das travessias da rede de esgoto na pista lateral à Avenida Cônsul Assaf Trad, com a terraplanagem, e em seguida será aplicada a capa asfáltica no trecho entre a Rua Zulmira Borba e a Rua Marquês de Herval. A pavimentação desta via vai ajudar a desafogar um pouco o tráfego na Assaf Trad, no sentido bairro-centro.

Dos quase 20 quilômetros de pavimentação previstos nesta etapa (exatos 19,38 km), iniciada em agosto do ano passado, até a interrupção do serviço em novembro, já foram executados 7,44 quilômetros e mais de 90% da drenagem programada (8.028,85 km dos 8,75 km projetados). Neste período, boa parte das calçadas ficaram prontas e houve a conclusão das últimas duas quadras de asfalto de ruas (Eugênio Silvério e Botafogo).

Como parte da drenagem, foi implantado um tubo Armco de 1,20 metros de diâmetro, que atravessa a Avenida Cônsul Assaf Trad (na altura da Rua Eugênio Lima), pelo chamado método não destrutivo. A tubulação vai escoar toda a água pluvial do Nova Lima para um piscinão (bacia de retenção) existente nos fundos do Alphaville.

A pavimentação no Nova lima foi interrompida em novembro do ano passado porque a Águas Guariroba suspendeu a implantação da rede de esgoto, depois que o Tribunal de Contas suspendeu o contrato que prorrogava o contrato de concessão por mais 30 anos. A Caixa não autoriza o andamento de obras financiadas com recursos do FGTS, como este projeto, em regiões onde não haja rede de esgoto.

Depois que o TCE/MS garantiu a prorrogação da concessão por mais 18 anos, até o julgamento do mérito da ação, a Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos (Agereg) determinou o reinicio da expansão do esgoto em todas as áreas onde há obras de pavimentação em andamento, como o Nova Lima e o Santa Luzia.

O projeto

A etapa A da pavimentação e drenagem do Nova Lima cobrirá o quadrilátero formado pelas ruas Marques de Herval, Jerônimo de Albuquerque, Zulmira Borba e Avenida Cônsul Assaf Trad. Serão implantados 8,75 quilômetros de drenagem, 19,38 km de pavimentação e 4,78 km de recapeamento. Nesta primeira etapa da pavimentação do Nova Lima está programado o asfaltamento das ruas Sócrates; Dona Maria Izabel; Dom Sebastião Leme; Santo Inácio de Loiola; Júlio Prestes; Eugênia Lima; Randolfo Lima; Assunção Borba; Martin Faustino; Botafogo; Eugênio Silvério; Alfredo Borba; Padre Antonio Franco; Firmo Cristaldo; Galileu; Aquiles; Celina Baís Martins, além das avenidas Carlota Joaquina e Cândido Garcia.

Serão recapeadas as ruas Marques de Herval; Jerônimo de Albuquerque e Avenida Zulmira Borga, uma das principais vias de acesso ao bairro, que também será duplicada, nesta etapa entre a Cônsul Assaf Trad e a Jerônimo de Albuquerque. O trecho complementar será feito como parte das obras do Complexo José Tavares, que serão licitadas em agosto.

Já está na Caixa Econômica Federal, a reprogramação da primeira etapa do recapeamento da Avenida Cônsul Assaf Trad, pista bairro-centro, entre a Avenida Zulmira Borba e a Rua Marques de Herval. O projeto já está sob análise da Caixa Econômica Federal para reprogramação.

Com assessoria