Confronto entre militares e guerrilheiros deixa pelo menos um morto no Paraguai

Confronto entre militares e guerrilheiros deixa pelo menos um morto no Paraguai

COMPARTILHAR
Tropas seguem na região.

Antônio Coca

Autoridades paraguaias confirmaram na noite deste domingo (1), que pelo menos uma pessoa morreu em confronto entre soldados da Força Tarefa Conjunta (FTC) e membros de um dos grupos guerrilheiros que agem no interior do país. O confronto ocorreu a cerca de 160 quilômetros de Pedro Juan Caballero na cidade de Ybyraty nas proximidades de Horqueta.

A vítima fatal seria Alejandro Antônio Ramos Ramirez, filho do líder do autodenominado Exército Mariscal Lopez, Alejandro Ramos. Um dos guerrilheiros teria sido preso pelos homens da FTC e será levado para Assunção.

De acordo com uma fonte ouvida pelo jornal Última Hora, as buscas aos guerrilheiros e os confrontos continuam e a situação é tensa na região. Nesta segunda-feira, o Governo paraguaio deve fazer um comunicado sobre o ocorrido.