DEFRON estoura deposito de maconha em Dourados e investiga outros no interior

DEFRON estoura deposito de maconha em Dourados e investiga outros no interior

COMPARTILHAR
Cargas chegavam ao depósito em motocicletas.

Antônio Coca

Na sequência de investigações para desarticular associações criminosas que utilizam áreas urbanas de cidades próximas à fronteira com o Paraguai e Bolívia para armazenar drogas a serem enviadas posteriormente a outros Estados, a DEFRON, no começo da noite de ontem (17), desativou um entreposto que funcionava no Bairro Dioclécio Artuzzi, em Dourados. No local eram estocados tabletes e fardos de maconha trazidos da fronteira em motocicletas.

A investigação revelou que as remessas depositadas no local eram em média de 100 quilos de maconha. Posteriormente, a droga era colocada em compartimentos ocultos de veículos a serviço do crime e encaminhada para Campo Grande e outros Estados.

No local foram presos dois indivíduos e apreendido um menor e a maconha apreendida totalizou 60 quilos. O adolescente foi enquadrado em ato infracional análogo ao tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os maiores foram presos em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menor.