DOF divulga balanço da operação com apreensão de arsenal na fronteira

DOF divulga balanço da operação com apreensão de arsenal na fronteira

COMPARTILHAR

Antônio Coca

O Departamento de Operações de Fronteira – DOF, divulgou agora no começo da noite deste domingo (9), balanço da ação em que três homens foram presos e apreendido em Ponta Porã, um arsenal de guerra que incluía um carro blindado e reforçado com chapa de aço. A apreensão ocorreu na noite de sábado no andamento da Operação Hórus da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), na região de Ponta Porã.

Durante um bloqueio policial para fiscalização em uma rodovia nas proximidades da cidade de Ponta Porã, os policiais avistaram uma Toyota SW4 que se deslocava em alta velocidade, não obedecendo à ordem de parada da equipe policial. O veículo foi abordado após o acompanhamento tático. O condutor, homem de 38 anos, disse que é proprietário de fazendas no Paraguai, e que iria a Ponta Porã fazer compras.

O passageiro, de 25 anos, se apresentou como sobrinho do motorista, e que reside em Campo Grande e estava na casa do tio para passear e pescar. Já o terceiro indivíduo, de 28 anos, disse aos policiais que reside no Rio de Janeiro e que veio ao Estado para trabalhar na chácara do motorista; que os policiais poderiam averiguar o local, pois não tinham nada a esconder.

Chegando próximo da chácara, os policiais visualizaram dois homens armados que, ao perceber a presença policial, fugiram para a mata e não foram localizados. Na varanda da residência foram localizados um fuzil e uma carabina, além de explosivos e uma porção de maconha, em um armário. Durante as buscas nos fundos do quintal da residência, os policiais localizaram malas enterradas com mais fuzis, munições e explosivos.

 Ao todo foram apreendidos: 89 emulsões encartuchadas (explosivos) com peso de 26,7 quilos; 1.661 munições de vários calibres (entre eles os de fuzil 7,62, 556 e .30); três granadas; dois coletes balísticos; 15 fuzis; duas carabinas; três rolos de cordel detonante; três caixas de espoletas; 0,400 gramas de maconha; e, 53 carregadores para diversos calibres.

O condutor da Toyota SW4 blindada disse ser o proprietário do arsenal apreendido; que adquiriu o armamento e os explosivos para se defender, uma vez que reside na Fronteira do Brasil com o Paraguai. O caso foi registrado e entregue, juntamente com o veículo e os materiais apreendidos, na Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã. Apenas as iniciais dos presos. A.S.C. (28), G.M.V.V (25) 3 I.V.V.