Em meio à pandemia da Covid-19, Sesi vai vacinar 22,5 mil trabalhadores...

Em meio à pandemia da Covid-19, Sesi vai vacinar 22,5 mil trabalhadores contra a gripe em MS

COMPARTILHAR

A vacina da gripe não é eficaz contra o novo coronavírus, mas a prevenção da influenza é um importante reforço no combate à Covid-19. Em meio à pandemia, o Sesi de Mato Grosso do Sul antecipou o período de vacinação contra a gripe influenza e vai imunizar 22,5 mil trabalhadores do Estado, 19 mil deles da indústria local, que são o foco da campanha.

Além de aplicar as vacinas nas dependências das empresas – seguindo todos os protocolos de segurança preconizados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para contenção do novo coronavírus –, o Sesi oferece orientações sobre a importância de imunizar os trabalhadores, considerada pelo Ministério da Saúde como uma das medidas mais eficazes para evitar casos graves de gripe.

Serão oferecidas as vacinas trivalente, que imuniza contra dois vírus da influenza A e influenza B, e a quadrivalente, que além desses vírus imuniza contra uma segunda cepa do vírus da influenza B. A campanha chegará a 70 empresas de 21 cidades do Estado. “Antecipar a campanha de vacinação é mais uma ação de suporte às indústrias que o Sesi realiza neste momento de pandemia e que, consequentemente, beneficia a população em geral”, afirmou o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla.

Médica da área de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) do Sesi, a pneumologista Paola Brito explica que embora a vacina contra gripe não proteja contra o novo coronavírus, é um importante reforço na imunidade. “E estar saudável e com a imunidade alta é um dos principais fatores para redução da letalidade e formas mais graves da Covid-19. A vacina também ajuda a diminuir possíveis complicações decorrentes de infecções de vias aéreas e a diferenciar a gripe da Covid-19”, acrescentou.

Além dos trabalhadores das indústrias locais, a campanha de vacinação também imuniza os trabalhadores do Sistema Indústria, que inclui o Sesi, Senai, IEL e Fiems. As doses já foram aplicadas nas unidades de Campo Grande e Três Lagoas, sendo que nesta semana será a vez das unidades do interior do Estado, totalizando 885 doses da vacina.

Com Assessoria