Emoção e homenagens marcam abertura de Jogos da UCP

Emoção e homenagens marcam abertura de Jogos da UCP

COMPARTILHAR
Homenagens emocionou presentes. (Fotos: Antônio Coca)

Antônio Coca

Com o ginásio Jédi Mendonza em Pedro Juan Caballero completamente lotado a cerimônia de abertura do Jogos Internos Sandro Arredondo da Universidad Central Del Paraguay foi marcada pela emoção e homenagens ao médico e diretor acadêmico da instituição morto recentemente.

O Dr Sandro foi lembrado no discurso de abertura do diretor administrativo da UCP, Karlos Bernardo que disse que a fatalidade de que foi vítima o médico paraguaio será difícil de ser esquecida e superada pelos familiares, amigos e por toda a sociedade. “Perdi um grande amigo, perdemos um grande profissional e a sociedade paraguaia perdeu um grande homem. Está sendo difícil superar esta perda. Não é fácil perder uma pessoa maravilhosa como era o Dr Sandro e ainda não conseguimos nos recuperar disso”, disse o emocionado diretor que foi às lagrimas ao falar do homenageado.

Na presença de familiares e ex-alunos, Sandro Arredondo foi lembrado também pela irmã dele Lorena Arrendo, que agradeceu a lembrança e em nome da família falou da dor da ausência e dos sonhos e esperança que Sandro tinha em vida e que agora ficam apenas na lembrança daqueles que o conheceram.

“Difícil aceitar a morte, mas a vontade de Deus deve ser entendida e respeitada e entendo que a morte é apenas um recomeço de uma nova existência em um plano superior”, disse a Lorena.

O médico foi homenageado também por um dos filhos e um sobrinho que entraram de moto no ginásio, lembrando o motocross, o esporte que ele adorava e sempre incentivava os filhos na pratica esportiva.

Depois da abertura oficial começaram as partidas de voleibol masculino e feminino e Futebol de Salão masculino e feminino que prosseguem até este final de semana quando também acontece a competição em Ciudad Del Este.

Torcidas se movimentaram durante toda a competição.