Erro de gerente de banco causa movimentação policial na fronteira

Erro de gerente de banco causa movimentação policial na fronteira

COMPARTILHAR
Mobilização policial foi rápida, apesar das distâncias.

Antônio Coca

Uma grande movimentação policial e muita correria foi o resultado da digitação de uma senha errada do gerente de uma agência bancária na região de fronteira com o Paraguai. No momento da abertura do Banco do Brasil de Aral Moreira, uma senha incorreta foi inserida e acabou acionando o sistema de segurança interna que interpretou como se o local tivesse sendo assaltado ou o gerente tivesse acionado o dispositivo de segurança de forma proposital para avisar que algo errado estava ocorrendo.

Com o sistema de alarme ativado várias viaturas policiais da cidade e da região foram para o local, o que acabou assustando a população e pelas redes sociais até o relato de “troca de tiros” entre policiais e bandidos teria sido divulgado, mas tudo não passou de fake News.

Depois que o caso foi esclarecido, os funcionários da agência trabalharam normalmente e o atendimento ao público aconteceu sem nenhum problema e os policiais voltaram para suas unidades. No SIGO da Polícia Civil de Aral Moreira não há registro do fato para consulta dos jornalistas que possuem acesso ao sistema.

Episódio serve de avaliação do tempo resposta das forças de segurança.