Ex-PM de Mato Grosso do Sul ligado a Rafaat é preso em...

Ex-PM de Mato Grosso do Sul ligado a Rafaat é preso em Campinas

COMPARTILHAR
Adair José Belo, com mandados de prisão

Antônio Coca

Policiais federais prenderam na noite desta terça-feira (26) no Aeroporto de Viracopos em Campinas (SP) o ex-policial militar Adair José Belo. Ele tentava embarcar para Rio Branco (AC) quando foi detido pelos federais.

De acordo com a PF, ação de captura do marginal contou com a participação de investigadores da Superintendência do órgão do Mato Grosso do Sul, que a partir da prisão de Sergio de Arruda Quintiliano Neto, o Minotauro. A análise dos materiais apreendidos pela Polícia Federal o apontam como uma liderança de uma organização criminosa que se dedica ao tráfico de entorpecentes originários da Bolívia e que são introduzidos no Brasil pela fronteira sul do Estado do Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

Belo circulava pelo País com documentos frios

Belo usava documentos falsos em nome de José Antonio Brito e seguia para o Acre e de lá iria para a Bolívia para tratar da comercialização de uma grande quantidade de cocaína. Adair José Belo, foi durante muito tento segurança e pistoleiro de Jorge Rafaat Toumani assassinado em Pedro Juan Caballero na guerra entre traficantes da região e teria se aliado a Minotauro na tentativa de dominar o crime organizado na fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

Adotava também RG da Bolívia

Belo é ex-policial militar no Mato Grosso do Sul e é suspeito de diversos crimes, especialmente tráfico internacional de drogas, homicídios, porte ilegal de arma de uso restrito e organização criminosa, e ainda tinha mandado de prisão em aberto. Policiais brasileiros e paraguaios dizem que organização criminosa da qual Belo faz parte é suspeita de mandar grandes quantidades de cocaína para o território brasileiro e responsável por grande parte da violência na fronteira de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero.

Adair Belo foi levado para a Delegacia da Polícia Federal de Campinas (SP) e deve ser levado ainda esta semana para um presídio federal. Ele era foragido da Justiça havia vários anos.