Guarda Municipal flagra festa clandestina e encara “carteirada” em Dourados

Guarda Municipal flagra festa clandestina e encara “carteirada” em Dourados

COMPARTILHAR
Imagem ilustrativa

Na madrugada desta segunda-feira (16) ao atender denúncia apontando festa clandestina, barulho e som extremamente alto, equipes da Guarda Municipal de Dourados tiveram trabalho por conta de tentativas de carteirada e deboche por parte dos promotores e frequentadores do evento. A festa clandestina era realizada em clube localizado no Corredor Público 8, no Campo Belo III.

O volume de som exagerado era ouvido na distância de 80 metros. Assim que as equipes da Guarda chegaram ao local, foram recebidas pelo suposto promotor do evento afirmando que cobrava ingresso como forma de custear a locação do clube e bebidas. Alertado de que estaria desobedecendo normas, decreto municipal e infringindo medidas sanitárias, o suposto promotor em tom de desafio alegou que estavam comemorando aniversário “do filho do coronel”, tentando intimidar a equipe através da “carteirada”.

No andamento surgiu o “filho do coronel”, quando foi constatado que não estava aniversariando, confirmando a tentativa de intimidação. Durante a aproximação das equipes da Guarda, promotor e participantes da festa clandestina fecharem o portão principal do clube enquanto grande numero de participantes fugia pelos fundos.

Em tom de deboche, os cabeças da festa exigiam que os Guardas limpassem os pés na entrada do clube, pois assim evitariam sujar o local. A festa clandestina foi interrompida sendo promotores, amigos e frequentadores que não conseguiram fugir, levados para a Polícia Civil.