Homem esfaqueado por genro em Corguinho, morre na Santa Casa

Homem esfaqueado por genro em Corguinho, morre na Santa Casa

COMPARTILHAR
José Henrique estreou sistema de gravação de flagrantes.

Morreu na Santa Casa de Campo Grande onde estava internado desde domingo, o idoso Cláudio de Barros, que havia sido esfaqueado na cabeça e olho pelo genro José Henrique da Silva, de 21 anos. O crime ocorreu em um bar na cidade de Corguinho, após discussão entre genro e sogro.

Com a prisão e autuação em flagrante de José Henrique pelo delegado Roberto Duarte Farias, a Delegacia de Polícia Civil de Corguinho, pode ter sido a primeira a aplicar a recomendação da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande para gravação dos interrogatórios em todos os casos de prisão em flagrante pelos crimes de homicídio doloso, induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio, infanticídio e aborto.

Sobre o crime, consta que genro e sogro seguidamente se desentendiam por conta de José Henrique ser dado ao uso de bebida alcoólica ou droga. No fim de semana novamente se desentenderam e ao ser ofendido pelo genro, o sogro teria lhe dado um tapa no rosto.

Pessoas contornaram a situação familiar e cada qual saiu para um lado, mas pouco tempo depois se encontraram em um bar e teve início nova discussão. Foi quando José Henrique aplicou golpes de faca no sogro, atingido com violência em um dos olhos que foi perfurado na hora.

Inicialmente atendido no serviço médico da cidade, a vítima precisou ser removida às pressas para a Santa Casa de Campo Grande onde morreu nesta segunda-feira. José Está autuado em flagrante de homicídio e deve ser removido da cidade.