Interno morre em cela do Instituto Penal de Campo Grande

Interno morre em cela do Instituto Penal de Campo Grande

COMPARTILHAR
Legistas definirão causa da morte.

O interno do Instituto Penal de Campo Grande, Johnny Oliveira Ramires, 33 anos, morreu esta manhã após ser encontrado passando mal. A causa da morte será definida por legistas do Instituto de Medicina e Odontologia Legal – IMOL, sendo o caso registrado pela polícia como morte a esclarecer.

Johnny estava recolhido na cela 5 do Pavilhão 2 Solário 3B, sendo que no momento do alarme, o solário estava em atividade, e que as 6 celas dessa área estavam abertas, e os 160 internos no banho de sol. Em dado momento agentes foram acionados pelos internos para atenderem o colega que estaria passando mal.

Como norma de segurança, os agentes solicitaram que os internos retirassem a vítima da cela para ser socorrida, sendo Johnny levado para a enfermaria do presídio e acionado o SAMU, que constatou a morte do interno. Não consta do registro policial se a vítima tinha marcas de agressão pelo corpo ou indicios de ter sido sufocada ou envenenada.