Investigando golpes em Corguinho, Polícia Civil chega a deposito de droga na...

Investigando golpes em Corguinho, Polícia Civil chega a deposito de droga na Capital

COMPARTILHAR
Muita maconha ma casa.

Investigação realizada por policiais civis de Corguinho esclareceu uma série de golpes aplicados através do Facebook e prisão de golpistas. A investigação chefiada pelo delegado Roberto Duarte Farias, chegou a um depósito de maconha no Parque Novos Estados em Campo Grande, estourado com apoio de agentes do Grupo de Operação e Investigação – GOI, com apreensão de meia tonelada de maconha. Em Corguinho, um dos golpes deu prejuízo de R$ 14 mil a uma das vítimas.

A investigação do golpe levou inicialmente a Isabelle, moradora na rua Rio Negro em Campo Grande e dona de cartão utilizado na maioria dos golpes. Localizada e entrevistada, apontou que o cartão havia sido emprestado ao indivíduo Patrick, de 24 anos. Ao ser procurado neste domingo em sua casa na rua Ipitanga, Parque Novos Estados, Patrick inicialmente não atendeu aos chamados dos policiais, que perceberam forte odor de maconha no local.

Com portão da casa aberto, delegado e equipe do GOI entraram na casa onde encontraram Patrick se escondendo e em diferentes cômodos do local encontraram centenas de fardos de maconha, droga que pesou, segundo a polícia, cerca de meia tonelada. As operações continuaram e mais envolvidos nos crimes de estelionato e tráfico de entorpecentes foram apanhados.

Foram presos e autuados em flagrante de tráfico Patrick (24), Raí (25) e Thalia, de 23 anos. Assinaram flagrante de tráfico e associação pra o tráfico, os quais serão encaminhados ao presídio juntamente com casal envolvido nos golpes ainda em investigação.

Droga aparentemente estava sendo manuseada.