João Doria desiste de concorrer à Presidência da República

João Doria desiste de concorrer à Presidência da República

COMPARTILHAR
Pressão interna venceu e Doria desistiu.

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou, nesta segunda-feira (23), sua desistência da pré-candidatura à Presidência da República. Doria enfrentava grande resistência do partido para que ele concorresse ao Planalto. “Me retiro da disputa com a alma leve”, afirmou.

Ao lado do presidente do partido, Bruno Araújo, e muito emocionado, Doria não disse qual será o seu destino na política e nem no PSDB. Mas afirmou que acredita nas decisões do partido. “O PSDB saberá tomar a melhor decisão”, disse.

A legenda deverá se reunir nesta terça-feira (24) para definir como se posicionará nas eleições presidenciais. Doria ganhou as eleições internas do partido para ser o candidato no fim do ano passado em disputa com o ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. Porém, a Comissão Executiva da legenda já tinha decidido apoiar, ao lado do Cidadania, a candidata do MDB, senadora Simone Tebet, em uma chapa única.