Ladrões de carros para desmanche seguem agindo sem medo em Campo Grande

Ladrões de carros para desmanche seguem agindo sem medo em Campo Grande

COMPARTILHAR
Bandidos agem em plena rua e abandonam até ferramentas.

Quadrilheiros especializados em furtar veículos para desmanche e comercialização de peças, voltaram a agir em Campo Grande. Em alguns casos não estão se preocupando nem em levar o veículo para local ermo. O desmanche é feito em plena via pública como se estivessem buscando peças sob encomenda.

Esse tipo de crime já ocorreu em épocas anteriores em Campo Grande sendo contido mediante ação conjunta entre Defurv, Derf e outras delegacia além do serviço de inteligência. Em algumas dessas ações, a investigação levou a pátios de comerciantes de peças usadas, alguns agindo de forma culposa, outros nem tanto, situação comprovada pela polícia ao confrontar o preço real da peça e o valor pago pelo comprador.

Na noite desta quarta-feira (22), quadrilheiros dessa atividade seguiram agindo, desta vez na rua Massapê, na Coophafé e região. Um veículo Monza foi furtado e depenado em plena rua e outro veículo sofreu tentativa de furto dentro da casa do proprietário, ficando revirado e danificado.

Já são vários os casos de veículos não tão novos que são furtados em diferentes pontos de Campo Grande, inclusive na área central e posteriormente encontrados abandonados em algum bairro sem rodas, acessórios, peças e até bancos. Comerciantes de peças legalmente instalados, não escondem o prejuízo e concorrência desleal que sofrem com o comércio clandestino de peças e acessórios.

Já mecânicos de pequenas oficinas procurados pela reportagem, evitam comentar o assunto, muitos deles afirmando que se limitam a passar lista de peças ao cliente, quase sempre evitando até indicar onde comprar. No depósito da Defurv por sua vez, estão milhares de peças e acessórios apreendidas em oficinas e revendas ou ferro velhos, pois não havia comprovação de origem.

Experientes em mecânica, vagabundos agem rapidamente.