Líder de um dos maiores cartéis de drogas do México é preso...

Líder de um dos maiores cartéis de drogas do México é preso em Brasília

COMPARTILHAR
Policiais Apreendidos mais de R$ 30 mil em dinheiro, além de joias (foto: Divulgação/PCDF)

Acusado de integrar o cartel Juarez, um dos maiores responsáveis por tráfico de drogas do mundo, o mexicano Lúcio Rueda Bustos, de 65 anos, foi preso em um hotel da Asa Norte na tarde de ontem pela Divisão de Repressão ao Sequestro (DRS) da Polícia Civil usando uma identidade cancelada.

Com o nome de Ernesto Plascencia San Vicente, ele e mais cinco homens estavam em um hotel de luxo onde levantaram as suspeitas dos funcionários por esbanjar dinheiro e contratar diversas garotas de programa. Segundo o delegado Luiz Henrique Sampaio, que coordenou a operação, a denúncia chegou diretamente na delegacia e os suspeitos foram encontrados na piscina do hotel. “Eram quatro brasileiros e dois mexicanos. Todos demonstraram nervosismo e as histórias não batiam”.

Apenas Lúcio foi preso em flagrante pelo uso do documento cancelado. Hoje ele passa por audiência de custódia que definirá se ele vai poder responder ao processo em liberdade. Com o grupo foram apreendidos R$ 30 mil e várias joias. O mexicano veio para o Brasil em 2002 com a intenção de lavar o dinheiro fruto do tráfico feito no México e Estados Unidos. Em 2006, foi preso na Operação Zapata e condenado a 10 anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro.

Na época, descobriu-se que com documentos falsos, ele tinha conseguido emite uma carteira de identidade real para o nome Ernesto. Foi quando determinou-se o cancelamento do documento. Nos anos 1980, ele já havia sido preso nos Estados Unidos. Atualmente, ele vivia em Curitiba com a esposa, que também fora presa na operação de 2006.

Com Correio Braziliense