Marcola e mais 21 líderes do PCC são transferidos para presídios federais...

Marcola e mais 21 líderes do PCC são transferidos para presídios federais nesta quarta

COMPARTILHAR

Com forte esquema de segurança nos arredores da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau desde as primeiras horas da madrugada desta quarta-feira (13), o líder maior do PCC (Primeiro Comando da Capital), Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, deixou o presídio venceslauense na manhã de hoje. Ele foi conduzido para o aeroporto de Presidente Prudente pare em seguida embarcar em um avião da Força Aérea Brasileira com destino a presídio federal de Mossoró, Brasília ou Porto Velho.

De acordo com o Portal Bueno, a operação para a transferência de Marcola começou por volta de 4h da madrugada envolvendo policiais militares e civis do Estado de São Paulo e policiais federais. O trevo de acesso ao presídio ficou bloqueado e a polícia orientou motoristas e usuários da via a não passarem pelo local que permaneceu isolado com a presença de equipes policiais. Quando o último carro com os detentos deixou o presídio os policiais liberaram o trânsito e desmobilizaram a ação.

Um comboio de viaturas da Polícia Militar, Polícia Rodoviária, equipes do Choque e ROTA seguiram pela rodovia Raposo Tavares e escoltaram os ‘bondes’ com os detentos. Dois helicópteros Águia da PM sobrevoaram o trajeto. A rodovia ficou parcialmente bloqueada para a passagem exclusiva do comboio. Além de Marcola, foram transferidos outros 21 detentos que fazem parte da liderança do PCC. Ao todo 15 sentenciados deixam o presídio de Presidente Venceslau e outros 7 em Presidente Bernardes.

Rodovias e acessos a presídio foram bloqueados