Militar aposentado achado morto era envolvido na morte de mulher em 2016

Militar aposentado achado morto era envolvido na morte de mulher em 2016

COMPARTILHAR

O sargento aposentado da Polícia Militar, Valdecir Ferreira, achado morto na manhã de hoje em sua casa, no conjunto Azaléia, em 2016 foi preso acusado de matar Kátia Valejo, com quem tinha relacionamento amoroso de forma esporádica. A morte ocorreu em outubro de 2016 na casa dele.

O aposentado foi preso três meses depois na casa de parentes no município de Rochedo. Tanto ao ser indiciado como em julgamento, Valdecir alegou legítima defesa afirmando ter sido surpreendido por Kátia quando ele tomava banho.

Em depoimento, afirmou que conhecia a vítima há algum tempo e vez ou outra mantinham relação sexual, como ocorreu no dia da morte. Kátia, segundo afirmou Ferreira e constava dos autos, seria usuária de entorpecentes e bebida alcoólica.

Após terem consumido bebida e terem mantido relação, ele foi tomar banho sendo surpreendido pela mulher empunhando revólver. Na luta, teria conseguido segurar o revólver pelo tambor de forma que a mão de Kátia ficou virada com a arma para o próprio corpo, quando disparou atingindo o peito, pouco abaixo do peito e próximo aos olhos da mulher que morreu no local. No corpo, a pericia ainda constatou outra marca de tiro nas costas.