Ministro do STJ determina libertação imediata de ex-governador da PB

Agência Brasil Brasília

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Napoleão Nunes Maia Filho determinou que Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba, seja libertado imediatamente. A decisão foi homologada na tarde de hoje (21). Coutinho é investigado por corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitações públicas.

O político havia sido preso na quinta-feira (19), durante uma sub-fase da Operação Calvário, chamada de Juízo Final. A operação investiga o desvio de R$ 134,2 milhões em verbas públicas de saúde.

O irmão de Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, acusado de ser o receptor das propinas e integrante da quadrilha que realizava os desvios, também cumpre prisão preventiva em ordem expedida pela juíza Laurita Vaz, do STJ.

A liminar que determina a soltura do ex-governador da Penitenciária de Mangabeira, em João Pessoa (PB), foi expedida após a publicação de um parecer da Procuradoria-Geral da República, que pedia a manutenção da prisão preventiva de Coutinho. Segundo o argumento da PGR, Ricardo Coutinho tem atuação “fortíssima” no comando da quadrilha, e continua na liderança do grupo.

Compartilhe
Institucional

O Tempo MS News é um portal de notícias online que traz informações relevantes e atualizadas sobre o dia a dia do Mato Grosso do Sul. Com uma equipe de jornalistas experientes e comprometidos em levar ao público as notícias mais importantes do estado, o portal se destaca por oferecer conteúdo de qualidade em tempo real.

Entre em contato

(67) 99135-7483

[email protected]

© Tempo MS News - Todos os direitos reservados, design por Argo Soluções