Morte de adolescente com tido na cabeça em Sidrolândia, ocorreu durante briga

Morte de adolescente com tido na cabeça em Sidrolândia, ocorreu durante briga

COMPARTILHAR
Veículo em que a adolescente foi deixada morta. (Foto: Sidrolândianews)

A adolescente Pâmella Silveira Saturnino, 17 anos, morta na madrugada deste domingo com tiro na cabeça na cidade de Sidrolândia, foi vítima de uma briga generalizada entre indivíduos, dois deles segundo a polícia, com vasta ficha criminal.

Por conta do envolvimento de adolescentes (menores) no episódio, em obediência ao Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, a polícia não divulga o nome dos demais envolvidos. Além da adolescente assassinada, outras três pessoas foram baleadas, uma, transferida para Campo Grande.

Os crimes – homicídio e tentativas de homicídio – ocorreram em meio ao que seria uma simples discussão entre dois elementos por volta de 2h na Avenida Dorvalino Santos. Em meio à confusão foram disparados vários tiros, um deles atingindo a cabeça de Pâmella que estava dentro do veículo de um dos envolvidos. O condutor do carro chegou a socorrer a adolescente, mas na porta do hospital a abandonou morta dentro do veículo.

Policiais militares precisaram agir para conter os ânimos no local do crime e policiais civis em diligências apuraram que o adolescente D, de 17 anos, seria o autor do tiro que matou a adolescente. Outros dois envolvidos, E.R.F (23) e M.H.S.E, 22 anos, dupla com vasto histórico criminal estão identificados pela polícia.

E.R.F. foi ferido superficialmente com um tiro e depois de medicado no hospital da cidade foi encaminhado para a Polícia Civil sendo ouvido e liberado, pois seu enquadramento no crime depende de laudo pericial.

Já M.H.S.E, 22 anos, teve prisão em flagrante, tendo em vista indícios fortes de ser ele um dos autores da troca de tiros, bem como pelo fato de a arma do crime ter sido apreendida próximo ao seu veículo.