Mulher é achada morta no Indubrasil com cabeça esfacelada

Mulher é achada morta no Indubrasil com cabeça esfacelada

COMPARTILHAR

No final da noite de ontem (29), uma mulher foi achada morta, aparentemente por atropelamento ocorrido na rua Indaiatuba, no Indubrasil. A vítima que não portava nenhum documento é morena, cabelos carapinha, estatura mediana e trajava bermuda jeans e blusa escura. A mulher aparentemente jovem, teve a cabeça dilacerada, possivelmente por conta de impacto com algum veículo. Uma pessoa no local chegou a dizer que a vítima aparentava ser sua sobrinha, mas não deu certeza, sendo mantida a condição de vítima não identificada.

Segundo caso

Horas antes, por volta de 20h30, o pedestre Haroldo Martins de Freitas, 79 anos, foi atropelado e morto quando caminhava pelo acostamento da BR-163, altura do km 412, na saída para São Paulo. O autor do atropelamento, condutor de um veículo Ecosport, Gilmar Guimarães da Luz, de 37 anos, fugiu sem prestar socorro algum à vítima, tendo abandonado o veículo no local da morte.

Gilmar foi localizado por telefone pela Polícia Rodoviária Federal – PRF, tendo confessado o atropelamento e omissão de socorro. Disse ainda que iria se apresentar, mas primeiramente procuraria um advogado.