Na fronteira, adolescente é executado na frente do pai

Na fronteira, adolescente é executado na frente do pai

COMPARTILHAR
Vítima foi atacada na frente de casa. (Foto: Porãnews)

Pistoleiros que seguem fazendo vítimas na fronteira Brasil/Paraguai, neste sábado (21) executaram o adolescente Ariel de Jesus Candia Peralta, de 16 anos. De acordo com o site MS em foco o crime ocorreu na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã.

A vítima se encontrava sentada frente sua residência na rua Pedro Alcorta do bairro Santa Ana em companhia do pai, quando chegaram os pistoleiros, segundo informações, a bordo de uma motocicleta e após perguntar se a vítima se chamava “Lucas” e este dizer que não, um dos pistoleiros sacou de uma arma de fogo, aparentemente revólver calibre 38 e efetuou um disparo atingindo o peito do adolescente que foi levado ao Hospital San Pablo II, onde morreu durante o atendimento.

O pai de Ariel disse aos policiais da Divisão de Investigações Criminais de Casos Puníveis, que chegou a entrar em luta corporal com o pistoleiro, mas este acabou fugindo do local, tomando rumo ignorado. Investigadores da Divisão de Homicídios e da Polícia Técnica realizaram buscas por imagens de câmeras de segurança e conversaram com algumas testemunhas a fim de chegar aos pistoleiros que teriam executado o adolescente por engano, mas a polícia não descarta nenhuma hipótese e procura identificar o tal “Lucas” que seria amigo da vítima com quem sempre estava na residência onde o adolescente acabou executado.