Número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil cai para 13

Número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil cai para 13

COMPARTILHAR
Ministro Mandetta, em coletiva esta tarde.

O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (4), que o número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil caiu de ontem para hoje. De acordo com o último boletim divulgado em entrevista coletiva, 13 casos suspeitos são investigados pela pasta. Um a menos do que nesta segunda-feira (3).

O Brasil continua sem nenhum caso do novo vírus confirmado dentro do país. Os 13 suspeitos estão sendo monitorados nos estados do Rio de Janeiro (1), Santa Catarina (2), Rio Grande do Sul (4) e São Paulo (6). Outros 16 casos foram descartados. A maioria deles (6) se encaixou no diagnóstico de Influenza B. Outros foram diagnosticados como Influenza A, Rhinovírus e Adenovírus.

Nesta terça, o ministro da Saúde publicou no Diário Oficial da União a portaria que decreta estado de emergência de saúde pública de importância nacional mesmo sem ter casos confirmados no Brasil, como já havia previsto ontem. Mandetta afirmou que a medida foi tomada por “fins administrativos”.

De acordo com o texto publicado no DOU, a portaria considera “a necessidade de se estabelecer um plano de resposta a esse evento” e também a necessidade de estabelecer uma “estratégia de acompanhamento aos nacionais e estrangeiros que ingressarem no país e que se enquadrarem nas definições de suspeitos e confirmados pelo novo coronavírus”, diz o texto.

O governo brasileiro confirmou no último domingo (2) que irá repatriar os brasileiros que estão na cidade de Wuhan, na China, epicentro do novo coronavírus. Entre as cidades cogitadas como local de quarentena desses brasileiros está Anápolis (GO). De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, um dos pontos positivos da base militar da cidade goiana seria a proximidade com o Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília. Se especula que o HFA possa receber pacientes com sintomas vindos de Wuhan, caso seja necessário.